Mirante Digital: Serra da Moeda

Serra da Moeda

1. Restaurante Topo do Mundo

Situado a uma altitude de 1.450m, no alto da cordilheira da Serra da Moeda, o Topo do Mundo Bar e Restaurante dista 34 Km de Belo Horizonte e 32 Km do Centro de Arte Contemporânea Inhotim. Está situado em um casa cuja implantação permite uma visão panorâmica privilegiadíssima do vasto mar de montanhas que compreende a região, além da rampa utilizada pelos praticantes de voo livre para prática do esporte.

2. Serra da Moeda

A Serra da Moeda é uma cadeia de montanhas localizada na porção sudoeste do complexo da Serra do Espinhaço, nascendo na bifurcação entre a Serra dos Dois Irmãos e a Serra do Rola Moça, no interior de uma mega estrutura geológica conhecida como Sinclinal Moeda, que nasce nos municípios de Nova Lima e Brumadinho. Desde seu início, este compreende em sua margem direita, considerando orientação norte-sul, o território dos Municípios de Nova Lima, Itabirito, Ouro Preto e Congonhas. Na sua margem esquerda, os Municípios de Brumadinho, Moeda, Belo Vale e Jeceaba.

3. Serra do Curral

A Serra do Curral integra o maciço da Serra do Espinhaço, fazendo um limite natural de aproximadamente 20 Km de extensão, entre os municípios de Belo Horizonte e de Nova Lima. Seu nome alude a Curral del Rei, primitiva designação da localidade onde foi erigida em 1897 a capital de Minas Gerais, Belo Horizonte. Sua flora é bastante diversificada, variando, em gradientes, de áreas de campo rupestre (cotas mais altas), passando pelo cerrado até remanescentes da Mata Atlântica. Sua altitude média varia de 1.100 a 1.350 metros, sendo que o ponto culminante se encontra no Pico Belo Horizonte a uma altitude de 1.390 metros.

Tombada pela Lei Orgânica do Município de Belo Horizonte e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, ela é o marco geográfico mais representativo da região metropolitana de Belo Horizonte.

4. Condomínio AlphaVille Lagoa dos Ingleses

AlphaVille é um dos mais luxuosos condomínios da região metropolitana de Belo Horizonte, situado em Nova Lima. Lançado em 1999, possui mansões de alto luxo, ruas largas, jardins, segurança e urbanismo de primeiro mundo o que atrae o êxodo da classe elevada da capital mineira para a região. O local possui 9 residenciais unifamiliares - Inconfidentes, Real, Árvores, Minas, Flores, Península dos Pássaros- e 4 residenciais multifamiliares - TownHouses, Mirante do Sol, Lumieré e Felice - além de espaços comerciais - Alphaville Mall, Fundação Dom Cabral, escola SEB e espaço CSul.

5. Lagoa dos Ingleses

A Lagoa dos Ingleses é uma lagoa artificial, situada no município de Nova Lima, Minas Gerais. Criada em 1932 com o objetivo de ser uma barragem para armazenar água da chuva que posteriormente seria utilizada para gerar energia elétrica para a Mina do Morro Velho.

A barragem recebeu esse nome, em substituição a Lagoa Grande, pois toda a região pertencia a ingleses, que eram donos da Mina do Morro Velho. Aos poucos a área foi se moldando ao estilo atual, com a doação por parte dos proprietários de um pequeno pedaço da lagoa para a construção de um clube, que foi idealizado por um Banco de Londres, para ser utilizado como lazer e descanso. Posteriormente, toda a região seria explorada imobiliariamente, graças as belas paisagens que possui, dando origem ao condomínio conhecido por Alphaville Lagoa dos Ingleses, que está localizado entre os municípios de Nova Lima e Itabirito, margeando a BR-040.

6. Serra da Piedade

A Serra da Piedade forma a extremidade oriental do conjunto da Serra do Curral; nas palavras de Burton, ‘‘a enorme Serra da Piedade se curva, para encontrar a do Curral’’. A história da serra está estreitamente ligada às lendas que povoavam o imaginário dos portugueses e dos bandeirantes paulistas. Pertencente a região metropolitana de Belo Horizonte, sendo continuidade da Serra do Curral, e conformando-se em divisa natural dos Municípios de Sabará e Caeté. Com aproximadamente 20 km de extensão, sua altitude chega aos 1700 metros de altura, sendo por isso os ventos constantes na região e apresentando formação de geada durante o inverno.

Esta abriga o Santuário de Nossa Senhora da Piedade, que todos os anos recebe milhares de fiéis em peregrinação. Ainda, é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e pelo Município de Caeté. A mesma também é objeto de proteção pela Constituição Estadual de 1989, que também efetuou o seu tombamento e a declarou Monumento Natural. Em 2003, criou-se também a APA Águas Serra da Piedade, com o objetivo de proteger seus mananciais de água.

7. Pico do Itabirito

O Pico de Itabirito teve como nome original Pico de Itabira, que, de acordo com Vieira Couto (1801), na língua indígena significaria ‘‘moço ou rapariga de pedra’’. Rosière et al (2005) salientam que, na realidade, o termo Itabira significa pedra ou rocha brilhante, ou por outra interpretação: empinada (ita = pedra, rocha, metal; byra = erguer-se, levantar-se). Está situado no município de Itabirito, ao lado da Serra das Serrinhas, e possui uma altitude de 1.586 metros, sendo originado de um monolito formado por um único bloco de hematita compacta, com alto teor de ferro.

O Pico de Itabira apresenta-se como cenário singular no contexto geológico do Quadrilátero Ferrífero, sendo tombado pelo IPHAN em 1962. Ainda, é um patrimônio Histórico Natural tombado pela Constituição do Estado de Minas Gerais de 1989. Tem uma data oficializada pela Câmara de Itabirito, especificamente criada para sua homenagem como símbolo deste Município: 15 de novembro. Neste dia, a União Ambientalista de Itabirito (UAI) promove uma caminhada de 07 Km, que se inicia no Complexo Turístico da Estação e se estende até este Pico, passando pelo Cristo e perto da mina de Cata Branca.


8. Balneário Água Limpa / Condomínio Ville des Lacs

Localizado no Município de Nova Lima, com acesso pela BR-040, foi criado pela Construtora Alfa nos anos 1950, com a finalidade de ajudar a financiar a campanha de Juscelino Kubistchek. São 13.400 lotes distribuídos entre os municípios de Nova Lima e Itabirito, mas, com apenas a parte relativa ao Condomínio Ville dês lacs dotada da infraestrutura urbana necessária para o seu funcionamento. No Balneário, ainda, existem um hotel que era utilizado pelo ‘‘Motel Clube do Brasil’’, mas que hoje tem outro uso; além de um clube e um Hotel inativos, ambos Interpass.

9. Lagoa Água Limpa

A lagoa que se percebe na fotografia é a reminescente das duas anteriormente existentes. A outra lagoa teve a barragem rompida em consequência de fortes chuvas ocorridas a anos atrás e já não existe mais.

10. Rampa de Vôo Livre Topo do Mundo (CVLBH)

No alto da Serra da Moeda está localizada a rampa do Clube de Voo Livre de Belo Horizonte, um local oportuno para a prática de esportes como a asa delta e o parapente, ao lado do restaurante panorâmico do Topo do Mundo. Saindo de Belo Horizonte em direção ao Rio de Janeiro, pela BR 040, a rampa está situada a cerca de 30 km depois do BH Shopping e 3 km após o trevo de Ouro Preto. A rampa de decolagem fica a direita da estrada em frente a Lagoa dos Ingleses, sendo possível avistá-la da própria BR 040.

11. Vegetação de Topo de Morro

Geralmente localizados nas cristas e encostas das serras que formam o Sinclinal Moeda ocorrem os chamados relictos vegetacionais ou campos rupestres. Essas formações são reconhecidas como centros de diversidade e endemismos de plantas (Giulietti et al., 1987; Mendonça & Lins, 2000). Nesses ambientes ocorrem espécies raras e ameaçadas como o cacto Arthrocereus glaziovii e Sinningia rupícola (Gesneriaceae). (Jacobi & Carmo, 2008).

12. Carneiros

13. Condomínio Retiro do Chalé

O Retiro do Chalé tem suas raízes na antiga fazenda conhecida como Bragas e Córrego do Ferreiro. Hoje o Retiro é a ampliação dessa fazenda, com novas áreas adquiridas que multiplicaram seu capital ecológico. Com isso a região tornou-se uma das últimas reservas naturais que abrigam cerrado e mata atlântica em Minas.

14. Palhano

Povoado do Distrito de Piedade do Paraopeba, localizado no Município de Brumadinho, em sua área rural. Na área há inúmeras fazendas voltadas para a agricultura de subsistência ou familiar, assim como para a produção em larga escala, onde se destacam as plantações de algodão, alho, arroz, mandioca, banana, mexerica ponkan, jaboticaba, milho, tomate, entre outros.

Em meados da década de 1970 chegam na região artistas plásticos ceramistas, transformando-a num local de referência em pesquisa da cerâmica.

15. Condomínio Águas Claras

16. Piedade do Paraopeba

Piedade do Paraopeba é um distrito do Município Brumadinho, localizado no sopé da Serra da Moeda. É um dos povoados mais antigos de Minas Gerais e conta com importantes monumentos históricos como a igreja Matriz de Nossa Senhora da Piedade, inaugurada em 1713, e a Igreja de Nossa Senhora do Rosário. Atualmente, esse distrito engloba os povoados de Palhano, Córrego Ferreira, Piedade do Paraopeba e os Condomínios Retiro do Chalé, Águas Claras, Jardins, Recando da Serra (todas essas comunidades estão ao lado da mina Serrinha).

Tornou-se um local rico em destilarias. Possui uma série de nascentes e cachoeiras que são apreciadas pelos turistas e praticantes de esportes, além de representar um recurso essencial para a qualidade de vida da comunidade local.

17. Serra dos Três Irmãos

Parte integrante do monoclinal da Serra do Curral, localizada em seu extremo oeste, Município de Brumadinho, abriga o pico com o mesmo nome.

18. Serra do Rola Moça

O Parque Estadual da Serra do Rola-Moça é uma das mais importantes áreas verdes do Estado. Situado na região metropolitana de Belo Horizonte, é o terceiro maior parque em área urbana do país e abriga alguns dos mananciais que abastecem a capital.

O nome do Parque foi contado em ‘‘causo" e imortalizado por Mário de Andrade em um poema que relata a história de um casal que, logo após a cerimônia de casamento, cruzou a Serra de volta para casa. No caminho, o cavalo da moça escorregou no cascalho e caiu no fundo do grotão. O marido, desesperado, esporou seu cavalo ribanceira abaixo e “a Serra do Rola-Moça, Rola-Moça se chamou".

A unidade de conservação está localizada nos municípios de Belo Horizonte, Nova Lima, Ibirité e Brumadinho e foi criada em 27 de setembro de 1994, coma publicação do Decreto 36.071.

Navegue também pelas serras

Promotoria

Apoio Técnico:

GGN

Apoiadores Financeiros:

CNPQ  Finep  Fapemig

Parceiros:

INCT Acqua  Codap  Cedecap

Uma realização:

Instituto Quadrilátero  Geopark Quadrilátero Ferrífero

Produção:

Orange Editorial

Curadoria Digital: Helio Martins

Textos: Thais Pacheco

Imagens: Bruno Senna, Helio Martins - Raw Filmes

Interpretação da paisagem: Doutora Jeanne Cristina Menezes Crespo

Ilustrações: Leandro Moraes - Estúdio Caraminholas

Música: Sergio Pererê

Coordenação Geral: Renato Ciminelli - Presidente do Instituto Quadrilátero / Geopark