Sinalização e Valores / Valores e Funções

Território de Agricultura Familiar Sustentável

O Geopark Quadrilátero tem um compromisso com a Unesco de engajamento social das comunidades das regiões de atuação. A equipe de implantação do Projeto Geopark Quadrilátero entende, desde o lançamento em 2011, e teve reforçado o conceito através do benchmarking de outros Geoparks durante a Conferência Internacional Unesco de Geoparks Globais no Canadá, que a atuação na área rural e suas interfaces com periferias urbanas é uma vocação natural de nosso projeto. A agricultura familiar, predominante na região, foi escolhida como o vetor de atuação do Geopark Quadrilátero Ferrífero nos territórios e microterritórios rurais, e uma plataforma de iniciativas, como as apresentadas abaixo,  foi construída ao longo do período 2013 - 2015, terminando por consolidar um dos valores e funções mais relevantes socialmente do Geopark Quadrilátero como Território de Agricultura Familiar Sustentável.

  1. Projeto de parceria iniciado em 2013 com o Ministério de Meio Ambiente - Departamento de Educação Ambiental, para desenvolvimento do PEAAF - Programa de Educação Ambiental em Agricultura Familiar na Região do Alto Paraopeba como território piloto nacional.
  2. Iniciativas articuladas com o CODAP - Consórcio Público de Desenvolvimento do Alto Paraopeba e Prefeitura Municipal de Ouro Branco de transferência de conhecimentos, promoção e fomento do saneamento rural.
  3. Projeto de conservação e recuperação de nascentes lançado durante a Expedição "Caminhos para a Sustentabilidade na Região do Alto Paraopeba" realizada em abril de 2014.
  4. Avanço na estruturação e promoção junto às lideranças do Alto Paraopeba das parcerias agrícolas durante o Fórum de Desenvolvimento do Alto Paraopeba, em abril de 2014, com a presença de técnicos e executivos do MMA, Embrapa, Sebrae MG, Emater, Mission Bassin Minier, entre outros.
  5. Realização do Seminário Agricultura em Território Mineradores realizado na Embrapa Milho e Sorgo, parceiro formal do Codap, em maio de 2014.
  6. Pré-lançamento do Centro de Referência de Agricultura em Territórios Mineradores em Ouro Branco.
  7. Criação, estruturação e operacionalização pelo Codap do CREAAF - Conselho Regional de Educação Ambiental e Agricultura Familiar.
  8. Cartas de intenção de cooperação trocadas entre o Codap e o Consórcio de Bethune na França, articuladas pela parceria Geopark Quadrilátero.
  9. Projeto "slow food" de agricultura sustentável nasce da participação na Jornada de Sustentabilidade na Universidade Sorbonne, visitas a projeto no Paraná, trocas com a coordenação do projeto mundial em Minas Gerais, e articulações iniciais com a Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais.
  10. Plano Político Pedagógico para o Programa PEAAF na Região do Alto Paraopeba é concluído pela liderança do MMA, Geopark Quadrilátero e Codap e apresentado aos membros do CREAAF e inserido neste portal.
  11. Circuito Rural de Ouro Branco, que parte da vila de Itatiaia, e Comunidade de Pires em Congonhas, são dois dos principais territórios pilotos de agricultura familiar e desenvolvimento rural sustentável consolidados em 2015.
  12. Diplomada em Escola de Ouro Branco a primeira turma de estudantes no projeto Horta Pedagógica.
  13. Escola da Comunidade de Pires é piloto da primeira experiência de Mostra Fotográfica que cobriu os recursos naturais da comunidade.
  14. Sebrae MG e Embrapa consolidam parceria para o fomento do mercado para a agricultura familiar de restaurantes industriais da Região Alto Paraopeba.
  15. Elaboração de ensaios sobre a agropecuária na Região Alto Paraopeba.