Ensino e Pesquisa

Horta Pedagógica - Espaço sustentável na Escola

HORTA PEDAGÓGICA: ferramenta para criação de espaço Sustentável na Escola

O projeto Horta Pedagógica é o resultado de ação prevista no Plano Político Pedagógico,  elaborado para agricultura do Alto Paraopeba, em parceria com Ministério do Meio Ambiente e o Consórcio Público para Desenvolvimento do Alto Paraopeba-Codap, no qual o Geopark do Quadrilátero Ferrífero, se insere, através do Conselho de Educação Ambiental e Agricultura Familiar-Creaaf e também na parceria formal com o Codap.

O projeto envolveu parceiros organizacionais e técnicos: Geopark Quadrilátero Ferrífero, Instituto Quadrilátero, INCT Acqua, Conselho Regional de Educação Ambiental na Agricultura Familiar-Creaaf/Codap, Prefeitura Municipal de Ouro Branco(Secretaria de Agricultura e Secretaria de Educação), Escola Municipal Nossa Senhora do Carmo, Emater, dentre outros e os alunos, professores, pais dos alunos e voluntários.

A Escola Municipal Nossa Senhora do Carmo, em Ouro Branco –MG, foi escolhida para aplicação do projeto, pois localiza-se na zona rural, Comunidade de Cristais. Atende 106 alunos, distribuídos educação infantil 20 alunos, do 1º ao 5ºano, 46 alunos e do 6º ao 9º ano, 40 alunos, em sua maior parte filhos de agricultores locais.

O objetivo foi propor uma agenda para discutir ações que pensem a Escola como espaço sustentável e com vida, incorporando a alimentação nutritiva, saudável e ambientalmente sustentável, como eixo gerador da prática pedagógica, além de promover o resgate da agricultura, que teve representatividade na economia local.

A metodologia foi construída de forma participativa: iniciado em junho e encerrado em  novembro de 2015, totalizando sete encontros, além de visita técnica para reconhecimento do espaço escolar. Para atividades na Horta foram utilizados kits de jardinagem. As etapas do projeto foram as seguintes: a) Preparo e adubação dos canteiros; b) Plantio orientado; c) Como Cuidar da Horta; d) Compostagem e) Colheita e Higienização f) Segurança alimentar g) Práticas ambientais. Foi realizada a formatura com entrega de certificados para alunos e professores que participaram do projeto.

Os alunos participaram de todas as etapas e o encerramento comemorou o Dia da Alimentação Saudável, na qual foi realizado um Seminário abordando questões relativas a nutrição e comida saudável, dando oportunidade de experimentar um cardápio saudável, produzido na própria comunidade.

O  mascote do projeto é peripatus, acacioi, escolhido pois é considerado um fóssil vivo e é encontrado no Quadrilátero Ferrífero. Ilustrou as apresentações, convite  e camisetas do projeto.

A experiência foi exitosa e pretende-se a multiplicação do modelo, tornando o educando o agente multiplicador, além promover intervenção na cultura alimentar e nutricional,  tornar a horta um espaço para descoberta e aprendizagem.

Confira abaixo algumas fotos do projeto: