Histórico de Implantação

O Geopark Quadrilátero Ferrífero, como projeto e programa, em processo de implantação e de reconhecimento pela UNESCO, já como candidato oficial a Geopark Global, foi lançado em cerimônia na Escola Guignard, em Belo Horizonte, no dia 1o. de setembro de 2011, com a presença de autoridades, instituições parceiras e profissionais colaboradores, inclusive de auditores do GGN - Global Geoparks Network.

A primeira auditoria do GGN em agosto de 2011, nos dias que precederam o lançamento oficial do Geopark Quadrilátero Ferrífero, teve seu resultado formalizado pela UNESCO em outubro de 2011, com a orientação de uma série de diretrizes e recomendações a serem adotadas e implantadas visando o reconhecimento futuro como Geopark Global.

A equipe de gestão e implantação do Geopark Quadrilátero, no período de 2012 a 2015, trabalhou a Região Alto Paraopeba, centrada nos municípios de Congonhas, Ouro Branco e Conselheiro Lafaiete, como 1a. região para implantação plena de todas as diretrizes e recomendações da UNESCO, e de valores e competências que garantam a credibilidade do programa para influenciar o desenvolvimento do território, inspirar e liderar futuros.

A escolha da Região do Alto Paraopeba, como 1a região a ser focada na implantação do Geopark Quadrilátero, se justificou pela atividade intensa na região desde 2009, do Programa Polo de Excelência Mineral e Metalúrgico, do qual o Projeto Geopark foi um spin-off, e pela governança territorial de alta eficácia, eficiência e credibilidade para as comunidades locais através da Agenda 21, governos estadual e federal, liderada pelo CODAP - Consórcio Público para o Desenvolvimento do Alto Paraopeba.

O Geopark Quadrilátero Ferrífero participou da programação da Conferência Internacional de Geoparks Globais da Unesco, realizada no Canadá em setembro de 2014, onde em palestra apresentou o estágio de desenvolvimento do projeto e o planejamento de próximos passos.

A sessão Linha do Tempo ou Time Line destaca os principais marcos na implantação do projeto Geopark Quadrilátero Ferrífero desde 2011.

No mês de junho de 2015 é concluída a elaboração da Revista Digital intitulada "Geopark - um voo sobre o Quadrilátero", a ser veiculada no portal www.geoparkquadrilatero.org, ou em versão IPAD e smartphone, com os objetivos de promover a identidade territorial e geográfica do Geopark Quadrilátero e como um primeiro movimento de sinalização digital.

No mês de outubro de 2015 é criada formalmente a Unidade Alto Paraopeba do Geopark Quadrilátero Ferrífero, através de resolução assinada pela Presidente do CODAP - Consórcio Público para o Desenvolvimento do Alto Paraopeba.

O Geopark Quadrilátero Ferrífero - Unidade Alto Paraopeba se consolida no final de 2015 como a fase 1 de implantação e funcionamento pleno das diretrizes e recomendações da UNESCO, ancorada institucional e formalmente no endereço e na  estrutura administrativa e jurídica do CODAP - Consórcio Público para o Desenvolvimento do Alto Paraopeba.

O Geopark Quadrilátero Ferrífero em sua Unidade Alto Paraopeba consolida-se como ferramenta e instituição vocacionada e pronta para a mobilização e implantação de projetos desenvolvimentistas, ambientais, sociais, educacionais e culturais, tendo como valores e bandeiras, que asseguram a credibilidade junto a parceiros e alvos, as chamadas programáticas abaixo.

  • Geopark Quadrilátero - Território de Vanguarda em Sustentabilidade
  • Geopark Quadrilátero - Território de Inovação e Educação Sustentável
  • Geopark Quadrilátero - Território de Agricultura Familiar Sustentável
  • Geopark Quadrilátero - Território de Economia Diversificada e Inclusiva

A Unidade Alto Paraopeba está pronta para ser replicada em outros territórios do Quadrilátero.